quarta-feira, 4 de julho de 2012

Warning Sign


Deitados aqui nessa cama nem parece que tem bilhões de pessoas dormindo a esta hora, tudo está em silêncio e nenhum bebum sequer dar um chilique na rua. Você olha para o teto como se fosse o céu, a lâmpada como se fosse à lua e os mosquitos da noite seriam as estrelas?  

Você tava focado em nossa conversa dias atrás, não diga que não está porque eu sei como você é não gosta de deixar assuntos sem pingos nos I, mas tudo bem faz bem pensar. O que eu faço? Nada! Apenas fico te olhando e observando o jeito que agarra minha mão, de como coloca o seu pé frio roçando no meu só pra sentir os pelos das minhas pernas que tanto pede pra aparar. Eu gosto de você e amo você de cabeça aos pés, você é uma pessoa magnífica, inteligente, bonita e bem decidida. Fica um tchuco só quando tá com raiva tem aquele quê de sedução quando fica com ciúmes e me flecha em cheio no coração quando diz que me ama e que nunca vai me largar.

Fala sério, quem foi o anormal que te dispensou um dia, dizendo que você não o faria feliz? Deve ser um infeliz qualquer, que seu coração é mais vazio que barriga de um mendigo. Sei que ele te magoou, sei que decidiu que nunca iria achar alguém pra amar. Mas aqui estamos, eu e você, numa cama de casal olhando para o teto e de mãos agarradas. Vem aqui e me dar logo um beijo apaixonante que nem aqueles de filmes antigos que o beijo era tão real e quente, igual do filme Titanic ou qualquer um, meu real objetivo é estar sempre ao seu lado assim como sempre estive nesse um ano e nove meses.

2 comentários:

  1. *-----------------* que lindo.!
    A.L

    ResponderExcluir
  2. Que massa adorei!!! isso sim que é amor!!!
    Gostei da postagem!!!

    ResponderExcluir